Centenário: em ato festivo, PCdoB celebra 100 anos em Alagoas

(Foto: Reprodução/Facebook)

O Partido Comunista do Brasil – PCdoB completou 100 anos de existência no último dia 25 de março. A agremiação está realizando diversos eventos em alusão ao seu centenário, desde um festival na cidade de Niterói-RJ, local da fundação, a lançamento de livros, sessões solenes em casas legislativas e exposições fotográficas.

Em Alagoas, o PCdoB realizou em Maceió, uma festa na última sexta-feira (25) reunindo filiados, simpatizantes e diversas lideranças políticas. O evento festivo contou com a apresentação do grupo Cai Dentro e da banda Depois dos Anjos.

Os partidos que estão firmando uma federação junto com o PCdoB, o PT e o PV, fizeram uma saudação ao centenário do partido, que contou ainda com discursos de dirigentes nacionais e locais do partido, com destaque para a fala da professora Alba Correia, militante histórica do partido, que realçou em sua fala a capacidade que o partido tem de lutar em defesa dos interesses do povo, para ela “essa festa representa a unidade que o partido procura construir em torno de um Brasil mais justo e democrático”.

O ex-presidente estadual do PCdoB e atual Secretário de Comunicação do Estado de Alagoas, Ênio Lins, também esteve presente no evento e destacou que “não é possível contar a história do Brasil republicano sem contar a história do Partido Comunista”. Para ele o partido sempre esteve vinculado aos acontecimentos mais importantes do país e deu contribuições muito importantes. “Aqui em Alagoas, o PCdoB deu grande contribuição na luta pela redemocratização e esteve ao lado das lutas por justiça, pela cidadania plena, pela Democracia, sempre com uma postura ampla e combativa”.

Cícero Filho, presidente do PCdoB em Maceió e baixista da banda Depois dos Anjos que se apresentou na festa, afirmou que “o PCdoB ao longo de sua história contribuiu muito com o país, por isso, seu aniversário é motivo de comemoração de todos”.

__
Fonte: Tribuna do sertão