Centenário: Alego faz sessão solene com militantes históricos do PCdoB

Sessão especial comemorativa aos 100 anos do PCdoB | Foto: Carlos Costa

A Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego) promoveu, na noite dessa segunda-feira (4) sessão solene em comemoração aos 100 anos do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), no plenário Iris Rezende, do Palácio Maguito Vilela. Realizado por requerimento do deputado Henrique Arantes (MDB), o evento contou com a participação da presidente estadual do PCdoB, ex-deputada Isaura Lemos, além de dirigentes e militantes do partido, do deputado Antônio Gomide (PT) e de outros políticos e autoridades. O evento também homenageou lideranças, amigos e simpatizantes da sigla com a entrega do Certificado do Mérito Legislativo.

Além de Gomide, que conduziu a sessão, e Isaura Lemos, a mesa foi composta por: deputado federal Rubens Otoni (PT), a presidente do diretório estadual do PT, Kátia Maria, o ex-vereador Euler Ivo, o secretário nacional de Formação do PCdoB,  Adalberto Monteiro, o ex-deputado federal constituinte Aldo Arantes, o ex-deputado estadual e atual secretário nacional de Finanças do PCdoB, Fábio Tokarski, a ex-deputada estadual Denise Carvalho, o vereador por Goianira Marcão das Casinhas (PCdoB), e a diretora da União Nacional dos Estudantes, Thaís Falone.

Também estavam presentes a secretária municipal de Políticas para as Mulheres, Tatiana Lemos, além de lideranças políticas, escritores, artistas e caravanas de militantes e simpatizantes do partido, vindas de Valparaíso, Luziânia, Águas Lindas , Goianira, Goiânia, Anápolis, Goianésia, Aparecida de Goiânia, Senador Canedo, Morrinhos, Crixás, Montividiu do Norte, Mineiros e Nerópolis.

A sessão teve início com apresentação musical da cantora Maíra Lemos. Em seguida, Antônio Gomide fez uso da palavra, quando destacou a luta do PCdoB “pela superação do capitalismo, das injustiças, da violência e das guerras  para a construção de uma nova sociedade, mais digna, mais igualitária e mais humana”.

O deputado também fez uma breve reconstituição da criação do partido no Brasil, em 25 de março de 1922, durante reunião em Niterói (RJ), por orientação direta de Lenin, o líder da revolução socialista na Rússia. “Desde sua fundação, o PCdoB sempre marcou presença nos grandes acontecimentos políticos do País e na luta pela democracia, sempre ao lado dos trabalhadores e do povo”, assinalou Gomide.

Em seguida, tiveram início os discursos dos oradores da sessão. A primeira da lista foi Isaura Lemos, que destacou a importância de Astrogildo Pereira, um dos fundadores do PCdoB, que, segundo ela, desde jovem, dedicou sua vida a lutar pela construção de uma sociedade com valores diferentes dos que são cultivados no capitalismo.

Os nomes de Luiz Carlos Prestes e João Amazonas também foram resgatados pela ex-deputada como líderes das três primeiras gerações de militantes do PCdoB. “Todos eles enfrentaram o arbítrio dos regimes de plantão, da República Velha à ditadura militar, passando pelo Estado Novo. Em mais da metade da sua trajetória, o partido teve de atuar nos subterrâneos da liberdade”, ressaltou.

Em seu discurso, Isaura pediu aplausos para Zezinho do Araguaia, que participou da Guerrilha  do Araguaia e estava presente na sessão. Segundo a ex-deputada, o PCdoB continua engajado na luta por uma sociedade mais justa e pela superação do atual momento político do País.

Também discursaram Euler Ivo, Adalberto Monteiro, Aldo Arantes, Fábio Tokarski, Rubens Otoni, Kátia Maria e Denise Carvalho. Em seguida, Antônio Gomide e Isaura Lemos fizeram a entrega do Certificado do Mérito Legislativo aos homenageados da noite.

Veja imagens no evento:

Créditos: Carlos Costa

Confira aqui mais imagens da Sessão especial comemorativa aos 100 anos do PCdoB na Alego

__

Fonte: Alego