15º Congresso: PCdoB-CE elege novas comissões de direção em reunião

Reunida no último sábado (6), o pleno do Comitê Estadual do PCdoB-CE avaliou a realização recente de seu 15º Congresso, realizou uma atualização da realidade política e elegeu sua nova Comissão Política, Executiva e Comissão de Controle estaduais, além de discutir sobre as tarefas e funções de cada um dos dirigentes.

A reunião contou com a participação do dirigente nacional Ronald Freitas que fez uma breve consideração sobre o 15º Congresso realizado em outubro último.

Segundo Freitas, o Congresso foi vitorioso pelo posicionamento político que reafirmou a realidade de um mundo em transição, com destaque para a perda de poder relativo do imperialismo americano, por um lado e, por outro, a ascensão da China socialista. No Brasil, a intensificação da crise estrutural e sistêmica, o crescente isolamento de Bolsonaro e a possibilidade de sua derrota para a oposição, antes ou nas eleições de 2022, tarefa que exige a constituição de ampla frente de conteúdo democrático, munida de um programa emergencial de reconstrução nacional. Constatou ainda, relativamente ao Congresso, o grande êxito organizativo e a unidade ideológica em torno de seu projeto estratégico e da essência revolucionária do Partido Comunista.

Durante os debates destacou-se a importância da aprovação do instituto da Federação de Partidos que entra em vigor já nas eleições de 2022 e representa um grande avanço para a constituição de frentes políticas programáticas tendo em vista a construção de um Novo Projeto Nacional de Desenvolvimento.

Nesta nova circunstância, o PCdoB encontra-se bem posicionado para influenciar de forma mais ampla no rumo dos acontecimentos políticos do País e, armado com as resoluções aprovadas no seu congresso, construir um projeto mais ousado que lhe permita acumular forças, no Brasil e no Ceará, nas eleições de 2022.

Neste sentido, é fundamental insistir na articulação com as mais amplas forças do campo democrático e popular, ampliar a mobilização de massas pelo Fora Bolsonaro e construir uma plataforma comum de ação para 2022 que tenha como centro a reconstrução do País.

Verificou-se, ainda, a importância do papel de cada dirigente com a construção partidária nos municípios de todo o estado, dividido para este fim em doze regiões, priorizando o funcionamento regular das direções municipais e o funcionamento das bases, incorporando na ação política milhares de militantes e filiados sequiosos de participação no cotidiano das lutas do povo e nas grandes batalhas pela transformação do Brasil num país soberano, próspero, menos desigual e mais democrático, tendo como meta a construção de uma nova sociedade socialista.

No encerramento da reunião, foi eleita a nova Comissão Política composta por trinta camaradas, a Executiva Estadual com doze camaradas e a nova Comissão de Controle composta por cinco camaradas.

 

Comissão Executiva:

Presidente: Luis Carlos Paes

1º vice-presidente: André Ramos

2º vice-presidente: João Ananias

Secretária de Administração e Finanças: Sônia Pinheiro

Secretária de Organização: Teresinha

Secretário de Formação Abel Rodrigues Avelar

Secretária de Comunicação: Andrea Oliveira

Secretário Quadros Benedito Bizerril

Secretário Sindical Francinet Cunha

Secretário Juventude Lucélio Moura

Secretário Institucional Inácio Arruda

Municipal Fortaleza: Ana Lúcia Oliveira

 

Leia mais:

 

15º Congresso: PCdoB-CE realiza 25ª Conferência e elege nova direção