Convenção do PCdoB-MS aprova nome de Mario Fonseca ao Senado

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) do Mato Grosso do Sul realizou no último sábado (4), sua convenção estadual eleitoral em Campo Grande, na Associação Brasileira Odontológica de Mato Grosso do Sul (ABO/MS) e aprovou coligação para as eleições majoritária e proporcional com o PV e Rede, tendo como candidato ao governo, Marcelo Bluma (PV), vice-governadora Ana Bernadelli (Rede Sustentabilidade) e o nome de Mario Fonseca (PCdoB) para o Senado.

O PCdoB não ocupou outra vaga na eleição majoritária para concentrar tempo de TV e esforços de ampliação em torno do candidato Mario Fonseca.

A coligação Nosso Movimento é por Mudança (PCdoB-PV-Rede) tem 16 nomes na chapa de deputados federais, sendo quatro candidatos comunistas, são eles, Tiago Roda, Professora Marina, Professor Erisvaldo e Pastor Emerson.

Na disputa estadual, o PCdoB tem dois candidatos na chapa, Professor Renato e Professor Edson. O mais destacado da legenda na chapa é o Professor Renato. Ele é sociólogo, professor da rede pública estadual, vice-presidente do PCdoB da capital de Campo Grande e vice-presidente da regional de Campo Grande da Federação Estadual dos Trabalhadores da Educação Pública de Mato Grosso do Sul (FETEMS).

O ato político que homologou a chapa majoritária contou com cerca de 400 participantes, entre militantes da legenda, de partidos aliados e amigos.