Sobre as comemorações dos 90 anos do Partido Comunista do Brasil

No ano próximo, em 2012, o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) completará 90 anos de fundação e de atuação ininterrupta na história do país.

O documento "PCdoB rumo aos 90 anos" deflagrou os preparativos das comemorações deste acontecimento de alto significado para a luta dos trabalhadores e para a democracia brasileira. Este destaque vem do legado de sua longa trajetória e pelo que representa para o presente e o futuro da nação.

Uma agenda diversificada de atos, conferências, palestras, festas e publicações será realizada. Essa agenda deverá evidenciar que se sagrou vitoriosa a jornada de 90 anos para vincar no Brasil uma corrente marxista-leninista, revolucionária e direcionada a realidade nacional. Êxito que se expressa no papel político relevante que o Partido desempenha na atualidade e no seu Programa, que traça um rumo e um caminho para o Brasil dar um salto na sua construção. O rumo é o socialismo renovado e enriquecido pela história e o caminho é o fortalecimento da Nação com a realização de um Novo Projeto Nacional de Desenvolvimento.

As comemorações darão visibilidade ao rico elenco de lutas que resultou em conquistas para os trabalhadores e à Nação. Legado que é fruto de gerações e gerações de comunistas nas quais estão presentes muitos heróis do povo brasileiro. O PCdoB se orgulha de ser herdeiro e continuador da saga heróica iniciada em 25 de março de 1922 pelos seus arrojados e intrépidos fundadores. E homenageará as lideranças de todas as gerações que o edificaram.

As comemorações também irão ilustrar que – no decorrer de seu itinerário– a legenda comunista fincou raízes no solo pátrio e sua face foi ganhando as feições do povo brasileiro com sua cultura de criatividade, alegria, bravura e resistência. Fato que se demonstra com seus vínculos crescentes com os trabalhadores, a juventude e as mulheres. Além do valor que atribui à sua relação com a intelectualidade avançada e com o mundo da ciência e da cultura.

As comemorações terão duas etapas. Primeira. Rumo aos 90 anos: preparativos e primeiros lances. Período que vai das comemorações do octogésimo nono aniversário até o final de 2011. Segunda. Agenda de comemorações. Período que se inicia em 1º de janeiro de 2012, tem o ponto alto em março de 2012 com destaque para possivelmente dois grandes eventos nacionais. Os atos estaduais e municipais, que se estendem às convenções eleitorais que devem também ser alusivas aos 90 anos e outras iniciativas que devem se projetar até o final do ano. Uma campanha de finanças específica para viabilizar essa agenda comemorativa deve ser deflagrada.

Por tudo que representa o PCdoB, a comemoração não é só dos comunistas, é do povo, dos trabalhadores, e de todas as forças e personalidades democráticas do país com as quais o PCdoB tem saudável convivência. É motivo de júbilo para as próprias instituições da República e de suas unidades federadas.

O Partido, desde o Comitê Central a todas as organizações partidárias, deve, a partir de agora, ter no alto de suas prioridades as comemorações dos 90 anos. Este acontecimento daqui por diante deve emular o coletivo militante a redobrar sua dedicação e a se armar de entusiasmo para realizar com vitórias as tarefas que se tem pela frente.
Daqui até março de 2012 os comunistas têm muitas lutas para enfrentar, mas também junto com o povo e seus aliados e todos os democratas terão uma colheita farta para celebrar e festejar!

São Paulo, 20 de março de 2011.

O Comitê Central do Partido Comunista do Brasil-PCdoB