Secretaria de Mulheres do PCdoB repudia ataques fascistas à Manuela

Manuela d’Ávila, como pré-candidata do PCdoB à presidência da República, elevou a discussão sobre as mulheres e o desenvolvimento nacional ao centro do debate eleitoral. Mesmo com a candidatura, o PCdoB e a própria Manuela, sempre trabalharam para unificar o campo democrático, compreendendo que essa é uma condição necessária para derrotar as forças golpistas.

Convidada para assumir a candidatura à vice-presidência na chapa de Lula ou de Fernando Haddad, Manuela d’Ávila e o PCdoB decidiram aceitar e caminhar unificados para as eleições de outubro. Construímos a unidade possível e estamos confiantes na vitória. Acreditamos que outros setores progressistas virão reforçar nossa campanha que terá na unidade popular seu centro de apoio.

Esta é a chapa que melhor representa os que mais investiram em políticas públicas para as mulheres, é a chapa que tem real compromisso com o empoderamento feminino.

Desde que assumiu a condição de candidata à vice-presidência, Manuela tem sofrido ataques dos setores fascistas.  Repudiamos esses ataques e destacamos que Manuela d’Ávila honra a tradição do PCdoB, partido que, proporcionalmente, tem o maior número de mulheres nas diversas instâncias políticas do país. O PCdoB não apenas respeita as mulheres, mas as tem na linha de frente de suas fileiras, em defesa de um novo projeto nacional de desenvolvimento, da democracia, dos trabalhadores e dos direitos das mulheres.

Em curto espaço de tempo, sob circunstâncias difíceis, com poucos recursos, a candidatura de Manu cresceu, convenceu, conquistou respeito político e se tornou relevante no cenário eleitoral.

Os ataques que Manuela tem sofrido mostram o desespero dos setores golpistas. Eles sabem que Manuela fortalece a chapa de esquerda e qualifica ainda mais o programa e o discurso mais avançado. Sua mensagem em defesa das mulheres, do feminismo e dos setores oprimidos ganhará ainda mais relevância. Não basta ser mulher para encarnar a luta feminista. No PCdoB, homens e mulheres defendem a emancipação das mulheres, diretamente relacionada à luta por uma sociedade mais justa e livre.

No PCdoB, todos lutam como uma Manuela!