PCdoB realiza campanha nacional de contribuição militante

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) aproveita o processo de realização do seu 14º Congresso para realizar uma campanha nacional de contribuição militante com objetivo de conscientizar os camaradas comunistas da importância do PCdoB ser um partido autossustentado.
Segundo o Estatuto do Partido, a contribuição financeira “do membro do Partido é expressão do seu compromisso com a organização partidária, seus ideais e sua luta. A estruturação material e a sustentação da atividade partidária e dos Comitês são responsabilidade coletiva de todos os seus membros, que devem se empenhar, dentro das possibilidades de cada um, para garantir tais compromissos”.
Em entrevista à redação, o secretário nacional de Finanças do PCdoB, Ronald Freitas explicou como está sendo realizada a campanha de conscientização dos militantes comunistas à contribuição financeira. Além de fazer o recadastramento no módulo virtual, aplicativo ou site, os militantes comunistas devem estar em dia com suas obrigações financeiras, lembrou Freitas. Esta é uma das normas para participar do 14º Congresso, que acontece de 17 a 19 de novembro deste ano em Brasília.
Freitas explica que a campanha busca a contribuição consciente dos militantes. Esta campanha consiste em fazer materiais de divulgação, cards para as redes sociais, notificações para o aplicativo, cartazes para distribuições nas sedes, envio de mensagens pelo correio eletrônico etc, enfim, todas as ferramentas da comunicação para chegar a informação a todos os camaradas. “O intuito da campanha é se comunicar com todos filiados para que eles tenham consciência que a contribuição financeira é obrigatória”.
O secretário nacional reforça a relevância das direções nos estados e municípios que participem ativamente desta campanha de incentivo a contribuição financeira. Segundo o dirigente, o maior incentivo é que são eles que ficam com grande parte da arrecadação que ajudará no financiamento das atividades partidárias. Além disso, Freitas sugere também a realização de atividades diversas para estimular as doações dos militantes e amigos. “O partido pode desenvolver algumas ações, como jantares,almoços, rifas, festas com sorteios, entre simpatizantes, amigos e militantes”.
PCdoB Digital
Freitas lembra ainda que a contribuição financeira também entrou na era digital e ficou mais fácil e rápido contribuir, basta fazer a opção de contribuir financeiramente, por boleto ou cartão de crédito no módulo virtual do PCdoB Digital. “Após o pagamento, o filiado receberá um cartão, que é a carteira nacional de militante, e com este documento poderá participar do processo do 14º Congresso”, ressaltou.
Vantagens
“Esta carteirinha é extremamente moderna do ponto de vista tecnológico. É um cartão de débito. Futuramente pretendemos adotar um serviço que se você botar gasolina no seu carro usando este cartão, irá acumular milhas e poderá reverter em crédito no seu celular. Ou credenciá-lo com uma rede de farmácias e os camaradas ganharem desconto no preço dos remédios. Mas no momento ele é utilizado como a carteirinha do partido e que você pode participar do Congresso”, comenta o dirigente.
Freitas explicou que o PCdoB sempre foi autossustentado com diversas contribuições dos militantes. “Essa era a principal renda”, afirma. Após a Constituinte de 1988 foi criado o Fundo Partidário, que atualmente é a principal renda de todos os partidos. Entretanto, esses recursos tem um regime legal de autorização e não podem ser usados com alguns fins, como por exemplo, bancar uma atividade artístico cultural, esclareceu o dirigente.
 
O secretário conclui solicitando que os militantes do PCdoB que ao se recadastrem no partido faça o opção de contribuição financeiramente imediatamente. “É extremamente importante”, ressalta, pois um partido comunista precisa ser autossustentado.“Se não tivermos a ajuda dos nossos militantes, vamos ficar limitado em nossas atividades políticas.
Para contribuir, basta clicar no link: